Cap 13 - Estudos Bíblicos

O QUE É UMA IGREJA BATISTA INDEPENDENTE?

O nome batista independente e fundamentalista tem sido utilizado historicamente por igrejas que seguem rigorosamente o padrão e o exemplo da igreja dos primogênitos, conforme encontrada no Novo Testamento. Hoje, o nome batista é usado por muitas igrejas que não estão seguindo o ensinamento padrão do Novo Testamento.

Assim, a expressão "Independente" e "Fundamentalista" que foram adicionadas por muitas igrejas batistas para continuar a identificar-se com o verdadeiro ensino Bíblico. Querendo assim mostrar uma distinção entre elas e aquelas igrejas que são chamadas de batistas, mas que deixaram a Palavra de Deus. A maioria das igrejas batistas no passado foram fundadas sobre o bom ensinamento doutrinário do Novo Testamento, no entanto, muitos deles em diferentes graus deixaram o precioso ensino neotestamentário. Algumas destas igrejas têm ido tão longe na apostasia que negam a os ensinos fundamentais da Bíblia, tais como a divindade de Cristo, o nascimento virginal e da salvação pela graça de Deus, por meio da fé. Outros têm um menor grau de comprometimento com erro doutrinário. Há também igrejas que são orientadas palas tendências contemporâneas ou seja a tendência religiosa popular. Essas igrejas mundanas ainda persistem em serem chamadas "batistas", mas na verdade eles não estão identificados com o ensino e pratica dos batistas históricos que sempre foram arraigados na palavra de Deus.

As verdadeiras igrejas batistas independentes e fundamentalistas não têm qualquer associação ou parceria com as igrejas que falsamente são chamadas de batistas, pelo fato de tais igrejas terem doutrinas e praticas contrárias ao Novo Testamento.

O nome batista independente fundamentalista é de origem recente e entrou em vigor porque muitas igrejas batistas tendo rejeitado a Palavra de Deus passando a ensinar e praticarem falsas doutrinas. Portanto, batistas que amam e praticam a verdade da Palavra de Deus que se recusando a abandonar o ensino do Novo Testamento, consideram necessários, para distinguir-se das igrejas de doutrinas erradas, deixando evidente, que não são todos os de nome batista que realmente praticam a fé batista. As verdadeiras igrejas batistas têm adicionados os adjetivos Independente e fundamentalista aos seus nomes. Esta alteração do nome tem como objetivos identificam-las como separadas e distintas de grupos podres doutrinariamente.

A palavra "Independente” agregada ao nome batista, tem como significado primário que a Igreja não é membro de qualquer confederação, convenção ou esteja associada qualquer sistema de hierarquia fora da congregação local. Uma igreja batista independente rege-se completamente pelas escrituras sendo autônoma em seus negócios, não considerando qualquer organização externo. Uma igreja batista independente não participara de um programa nacional ou internacional denominação que exercer autoridade sobre a igreja local. Assim, o nome de "independentes", é próprio para igrejas que estejam dentro do padrão do Novo Testamento. Igrejas que tendo a Cristo como cabeça, seguindo a autoridade somente das escrituras sagradas. Portanto as Igrejas batistas independentes são assembléias autônomas que não tenham organização hierárquica exercendo autoridades sobre se. Livre de interferências externas, tais igrejas tratam dos seus próprios negócios, sob a autoridade direta das Escrituras.

A organização de uma igreja batista neotestamentário é simples. Cristo é a cabeça da igreja, (Ef. 5:23) sendo o seu Sumo Pastor (1 Pedro 5:4). O pastor local é o seu bispo, supervisor ou líder da congregação. (Heb. 13:17, Atos 20:28, Ef. 4:11).

A igreja batista independente tem uma forma de governo congregacional onde cada membro igualmente tem o direito de votar, assim participando de todos os assuntos relativos ao governo da Igreja. Tanto o líder (pastor) como os liderados (membros) de uma igreja neotestamentária têm como obrigação tratarem dos negócios da igreja e de suas vidas, segundo o que preceitua o Novo Testamento.

As igrejas batistas independentes e fundamentalistas têm comunhão uma com os outros e, muitas vezes, cooperar em empreendimentos como evangelismo e missões. No entanto, a praticam a separação bíblica só colaborando em reuniões conjuntas com as igrejas da mesma fé e pratica. Eles não terão comunhão, como igrejas fora do patrão neotestamentário, com igrejas que não estejam fielmente dentro do padrão Novo Testamento. Eles não participaram em reuniões conjuntas, ou empreendimentos evangelísticos, com protestantes, católicos, igrejas batistas de doutrinas erradas ou outros grupos que não possuem o ensino fundamental do Novo Testamento.

As igrejas batistas independentes e fundamentalistas permaneceram separadas das igrejas de doutrinas erradas, bem como de outras que se juntem em grupos chamados de batistas não estando dentro do padrão regulador as escrituras sagradas.

Elas praticam os ensinamentos bíblicos de separação como nos preceitua Efésios 5:11, “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as." As igrejas batistas independente estão convictas que ao se associaram com as igrejas que ensinam falsa doutrina e prática estão tolerando e aprovando o erro. As verdadeiras igrejas, do Novo Testamento estão firmemente convencidas de que todas as doutrinas erradas são ataques violento centra a fé neotestamentária.

O Governo da Igreja Batista Independente

Muitas igrejas batistas independentes têm utilizado pastores e diáconos como oficiais da igreja local. (1 Tim. 3:1-16) No entanto, algumas igrejas batistas independentes não aceitam a palavra "oficial" como a expressão bíblica adequada para ser aplicada aos diáconos.

As igrejas batistas independentes fundamentalistas são autoridades para elegerem, chamarem ou ordenarem os seus pastores estando desvinculadas dos métodos romanos utilizados por protestantes e batistas associados. Ou seja um pastor batista independente e pastor da igreja local e não um pastor de uma denominação religiosa. Também não encontramos nas escrituras as qualificações dadas aos diáconos na atualidade. Esses poderão ser nomeados a partir de congregação local e aprovados pela maioria de votos (1 Tim. 3:8-13). Muitas igrejas batistas independentes por causa de um dispositivo legal têm nomeada uma diretoria para tratar da parte documental da igreja. No entanto Biblicamente nem diáconos nem diretores são oficiais da igreja, são nomeados a critério da igreja. Em uma igreja batista independente o pastor titular da igreja é o "superintendente" ou seja e o líder da congregação. (Ver Atos 20:28, Hebreus 13:7).

A palavra "fundamentalista" tem sido agregado as igrejas batistas neotestamentárias sendo utilizado como identificação doutrinaria. Ou seja quando utilizamos a palavra fundamentalista estamos dizendo que temos um fundamento bíblico no qual estamos arraigados e não abriremos mão deste fundamento. Assim estamos dizendo que a nossa posição tem como base a palavra de Deus. Batista fundamentalista é o nome usado na sua acepção mais estrita no sentido de manter solidamente os fundamentos do Novo Testamento ensinamentos sem erro. As igrejas batistas bíblicas independentes e fundamentalistas defendem os puros ensinamentos da igreja dos primogênitos como revelado no Novo Testamento.

 

Autor: Pr Anísio Gomes
http://ibb-soledade.zip.net
Fonte: www.PalavraPrudente.com.br