Cap 23- MICELÂNEA

Respostas Sobre A Ceia Ultra-Restrita

Em, 08/10/00 eu recebi essa carta de um irmão que visitou a minha pagina e não gostou o que leu sobre a ceia ultra-restrita. A minha resposta a este irmão segue as observações dele.

Que pena!

Por freqüentar uma igreja evangélica que não é Batista, segundo o Pr. Calvino de Catanduva, sou impedido de comer a ceia com os irmãos batistas. De acordo com este conceito sectário os demais evangélicos, por certo, não fazem parte da Igreja de Cristo, não foram lavados pelo Seu sangue, Não creram e não receberam o Senhor Jesus como seu Senhor e Salvador, estando portanto, fora do rol dos que podem participar da comunhão. Se o comer a ceia é responsbilidade de cada um (Não comer indignamente), como um dirigente poderá saber se o comungante está ou não apto a receber os elementos da ceia? Isto não seria um julgamento?

Como disse no início, é pena mesmo que o corpo de Cristo esteja tão dividido tal e qual uma carne que não pode ser consumida por um ou por outro, igual a um regime alimentar (um não pode comer porque tem diabete, outro também não por ser hemofílico, etc...). Com toda certeza havia na casa onde Jesus ministrou a ultima ceia uma placa com os dizeres: Igreja Batista.

Graças aos céus que a mentalidade enferrujada de pastores comprometido com a tradição batista está sendo posta de lado por novos pastores, os quais têm um conceito mais seguro do que seja o corpo de Cristo. Isto é verídico porque já participei da ceia com os irmãos batistas de minha cidade e o pastor não me veio perguntar se eu era nascido de novo, ou coisa parecida, nem me julgou um devasso.

Não sou dos troncos dos valdenses, albinenses ou outro qualquer, porém sou nascido de novo, remido por Cristo assim como os que se identificam comigo.

Pena que hoje ainda persista a mentalidade: eu sou de Paulo, eu de Apolo etc. Enquanto isso o corpo de Cristo vai se esfacelando cada vez mais com milhares de novas igrejas surgindo, inclusive algumas derivadas da própria Igreja Batista. Fico de fato triste quando vejo contenas de comunidades evangélicas fiéis às suas doutrinas por interpretação muitas vezes errôneas das Escrituras. O Senhor mandou examinar as Escrituras e não interpreta-las.

Cristo não fundou uma denominação, muito menos estabeleceu regras de exceção. Ao contrário: "quem comer da minha carne e beber do meu sangue..."

assinado

A resposta do Pastor Calvin:

09/10/00

Caro Amado _________,

Mais outra vez agradeço-te pelo seu contato e pelas suas observações.

Se entenda que a igreja é igual a família de Deus, terá dificuldade mesmo com os estudos que tratam este assunto importante na Bíblia.

Se entenda que a aceitação por Cristo na salvação é igual a ser parte de uma igreja neo-testamentária, terá problemas sérios com o racionar com o que diz a Bíblia do assunto da igreja.

Deve ser entendido do começo que a salvação e membro de uma igreja verdadeira são posições distintas.

A salvação é para todos e quaisquer que venham a crer em Cristo sendo regenerados pelo Espírito Santo pela Palavra de Deus. Porém, .... A qualidade de ser ajuntado a uma igreja verdadeira é somente para aqueles que foram batizados conforme o padrão neo-testamentário. Considerando isso, notamos que Judas foi batizado, mas não salvo, e parece que não participou da Ceia do Senhor, mesmo que participou da Ceia da Pascoa (Jo 13.21-30).

Para entender essa diferença veja Atos 2:40-43. Quem foi !agregado? na igreja? Não foi os que de bom grado receberam a Palavra? Quando foram agregados? Não foi somente depois de serem batizados?

O ladrão na cruz foi salvo, mas não foi batizado e, portanto, não fez parte de nenhuma igreja na terra. Uma clara lição que a salvação e a qualidade de membro de uma igreja verdadeira são posições distintas.

Os exemplos dos salvos do Velho Testamento poderiam ser examinados neste respeito também. Foram salvos por Cristo, mas não faziam parte de nenhuma igreja neo-testamentária.

A ceia do Senhor é uma ordenança da igreja local, não um direito de todos que pensam que são Cristãos independentemente da igreja.

As instruções sobre a ceia em I Cor. 11 são instruções aos membros da igreja local em Corinto. Os membros de uma igreja verdadeira local têm direito a ceia que é administrada na sua igreja. Voltando ao texto em Atos 2:40-43 perguntamos: Quem participou no .... !partir do pão?? Não foi somente os que foram salvos e batizados naquele ajuntamento?

E por falar de limitar a ceia para alguns em particular notamos o caso da instituição da ceia por Jesus Cristo e as instruções nesse respeito em I Cor. 5:11-13.

No dia da instituição da ceia Cristo NÃO convidou todos os Cristãos presentes em Jerusalém. A sua mãe, Nicodemos, Zaqueu, José de Arimatéia, e muitos outros. Estes NÃO foram convidados a primeira ceia mesmo que eram convertidos. Cristo fez essa distinção.

A igreja foi composta pelos apóstolos primeiramente (Efés. 4:11; I Cor. 12:28) e foram somente estes que participaram daquela primeira ceia. Mas os que não foram convidados não foram considerados menos salvos em nenhuma maneira.

Nos ensinos a igreja local em Corinto (I Cor. 5:11-13) uma distinção é feita limitando a quem devemos comer. Não devemos comer com aquele que, dizendo-se irmão, é um devasso, ou avarento, ou .... Sim, os da igreja devem julgar os que estão dentro.

Se o amado viesse a minha igreja no dia da ceia o amado não poderia participar conosco não por nós duvidar que você é um verdadeiro irmão, mas por nós não conhecermos a sua vida pública. Não julgamos os de fora pois Deus os julga, mas os de dentro temos responsabilidade de julgar (I Cor. 5:12,13). Isso não deve ser interpretada como partidarismo mas responsabilidade com as ordenanças que Deus deu às igrejas locais dEle.

A ceia não salva ninguém, mas é somente por aqueles com as suas vidas em ordem naquela igreja neo-testamentária que está administrando ela. Há milhões de salvos na terra que não tomam a ceia numa igreja neo-testamentaria que vão comer a ceia no céu.

Não procuro interpretar a Bíblia particularmente pois eu creio que Ela se interpreta. Somente falo e defendo o que Ela diz em toda parte dela. Peço que o amado presta atenção às diferenças da natureza de uma igreja local e a salvação. A Bíblia mostrar muitas diferenças.

Espero que estes fracos comentários ajudem esclarecer o assunto um pouco. Se não resolvem as suas dúvidas, peço-te entrar em contato comigo novamente.

Em Cristo,

Pastor Calvin
Autor: Pastor Calvin Gardner
Fonte: www.PalavraPrudente.com.br