cap 4 - sERMÃO V2

O CONCEITO BÍBLICO SOBRE O PECADO

"O pensamento do tolo é pecado?". Provérbios 24:9. "?tudo o que não é de fé é pecado". Romanos 14:23. "Toda a iniquidade é pecado?". 1 João 5:17. "?porque o pecado é iniquidade". 1 João 3:4.

Introdução

O que é pecado? A resposta a esta pergunta não se encontra na filosofia humana, mas na revelação divina. Aos olhos dos homens o que é visto por uma pessoa como pecado, pode ser considerado por outra como inteiramente correto. Não é o que achamos nem sentimos que determina o que é pecado. Meus sentimentos ou pensamentos ao dizer que uma coisa é certa não a torna certa. A única regra pela qual crença ou conduta devem ser provados é a palavra d?Aquele que não pode mentir. Aos olhos dos homens, as coisas que uma vez foram consideradas pecaminosas, agora são vistas como boas e corretas. Houve um tempo em que era errado as mulheres usarem roupas à altura do joelho, mas agora já é certo usar mini-saia aos olhos da sociedade. Mas a Palavra de Deus já disse há séculos: "Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia". 1 Timóteo 2:9.

O conceito dos homens em relação ao pecado é que ele é uma série de atos de perversão tais como embriagar-se, roubar, mentir ou matar, mas a definição encontrada na Bíblia é muito mais profunda. Certa senhora limitou, certa vez, o número de pecadores aos rapazes durante a juventude.

Há três palavras na Bíblia, que ao serem reunidas, nos dão uma definição completa do que é pecado. Há uma palavra que significa não atingir o alvo, e aproximadamente 200 vezes é traduzida como pecado na Bíblia. O homem não atingiu o alvo; não alcançou o propósito do seu ser. O homem foi criado para a glória do Criador, mas "todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Romanos 3:23. Como um relógio que deixa de dar a hora, o homem deixou de cumprir o propósito para a qual foi criado. Todos nós somos falhas miseráveis; falhamos no maior de todos os nossos deveres e obrigações para com Deus. Deixamos de glorificar a Deus. Não atingimos o alvo.

Há outra palavra que significa: desviar-se de um caminho certo, não andando de acordo com ele. Este é o conceito de pecado onde Deus reclama que Israel como uma criança cheia de enganos se desviou. "Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e pôs uma lei em Israel, a qual deu aos nossos pais para que a fizessem conhecer a seus filhos; para que a geração vindoura a soubesse, os filhos que nascessem, os quais se levantassem e a contassem a seus filhos; para que pusessem em Deus a sua esperança, e se não esquecem das obras de Deus, mas guardassem os seus mandamentos". Salmo 78:5-7. "Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho?". Isaías 53:6.

Há outra palavra que é traduzida transgressão; isto significa cruzar uma linha, fazendo o que Deus nos disse para não fazer. "Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade". 1 João 3:4.

QUEM SÃO OS PECADORES?

Esta pergunta, como todas as outras, deve ser respondida de acordo com a Palavra de Deus. Os sentimentos, a consciência, os amigos, nem inimigos, podem dar a resposta certa. A Bíblia diz: "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Romanos 3:23. O caso de cada um de nós já foi julgado no tribunal de Deus e o veredicto de culpado já foi pronunciado. Deus escreveu na fronte de cada um de nós o nome "pecador". Talvez não se sinta um, mas isto não altera o fato de que é. Talvez não esteja cônscio de que há muito a ver com você, mas isto não muda o fato de que está numa condição terrível e seus sentimentos não o impedirão de sofrer os tormentos reservados aos que estão condenados.

POR QUE SOMOS PECADORES?

Por que pertencemos a uma raça de pecadores e não a uma raça de pessoas boas. "Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram. Porque até à lei estava o pecado no mundo, mas o pecado não é imputado, não havendo lei. No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir. Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos. E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação. Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo. Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos". Romanos 5:12-19.

QUAIS SÃO OS RESULTADOS DO PECADO?

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor". Romanos 6:23.

COMO SE PODE REMOVER O PECADO?

"Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo". João 1:29. "Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou (Jesus Cristo), para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo". Hebreus 9:26.

Aqueles que rejeitam a Bíblia não têm padrão de justiça. "Cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos". Juízes 17:6.

Aqueles que rejeitam a Bíblia não podem encontrar um meio de escapar às conseqüências do pecado. "Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação". Hebreus 2:3.

"Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa". Atos 16:31.

 

Autor: C. D. Cole
Fonte: www.PalavraPrudete.com.br