Cap 1 - Liderança

O Fundamento Bíblico para Liderança

Laurence A. Justice

I Co 11.1

INTRO. Alguém disse que existe três tipos de pessoas no mundo; Os que são imóveis, os que podem ser movidos e aquele que os movem. Os que movem pessoas são líderes e o ato de mover pessoas chamamos de liderança. A obra de uma Igreja Batista depende de liderança.

A intenção desta mensagem é responder a seguinte pergunta. De onde vem a autoridade para a liderança em uma Igreja Batista? Em busca da resposta desta pergunta, quero chamar sua atenção para três fatos essenciais sobre liderança na Igreja...primeiro:

QUEM POSSUI A AUTORIDADE NA LIDERANÇA DA IGREJA.

A autoridade sobre todas as coisas relacionados a Igreja do Novo Testamento é Jesus Cristo.

Ele é a autoridade necessária para fundar uma Igreja e para determinar a doutrina desta Igreja. Ele também é autoridade sobre toda prática da Igreja, doutrina da Igreja e sobre a liderança da Igreja também. Na grande comissão dado a suas Igrejas, O Senhor Jesus revela que Ele mesmo possui autoridade absoluto sobre todas as coisas na terra e no céu também.

Mt 28.18-20. “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém!”

Em Apocalipse 1.18 O Senhor Jesus disse que possui autoridade sobre o inferno:“e o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém! E tenho as chaves da morte e do inferno.”

Possuindo autoridade sobre todas as coisas na terra inclui autoridade sobre as suas Igrejas. Abrem para Efésios 1.22-23, esta passagem afirma a autoridade de Cristo sobre as Igrejas: “E sujeitou todas as coisas a seus pés e, sobre todas as coisas, o constituiu como cabeça da igreja,

23 que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.” Como cabeça, Ele possui o lugar de autoridade, comandando o corpo inteiro.

Abrem para Mt 18.20. O senhor Jesus está falando a respeito da Igreja. “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” A Igreja do Novo Testamento não apela nem busca outra autoridade terrena. A autoridade no Novo Testamento não está no Papa nem em algum cardinal ou arcebispo. Nenhum sacerdote ou bispo possui autoridade em uma Igreja neotestamentário. A autoridade da Igreja neotestamentário não está nas mãos de denominações ou Assembleia Geral ou sínodo. A autoridade da Igreja não está nas mãos de alguma Igreja mãe, mesmo se esta Igreja chamada mãe, é Batista.

A autoridade da Igreja não é algum presbitério ou concílio de homens ordenados. Uma Igreja local é formado debaixo da autoridade de Jesus Cristo e deve suprema aliança somente á Ele. A autoridade da Igreja do Novo Testamento não está em alguma convenção ou associação de Igrejas. Está somente em Cristo! Autoridade nos alcança verticalmente de Cristo, não horizontalmente de algum papa, Igreja ou conselho. A Igreja do Novo Testamento está totalmente debaixo da autoridade de Cristo. Esta autoridade que a Igreja possui, nunca pode ser transferido ou delegado. Cristo não transfere sua autoridade á sua Igreja, ele à retem e é somente dele.

Uma Igreja não precisa uma transferência de autoridade à Ela porque Cristo habita em suas Igrejas até o fim do mundo de acordo com Mt 28.20. Quando escolhemos nossos líderes e nus preparamos para liderar uma Igreja Batista, temos que considerar a suprema liderança do nosso Senhor Jesus Cristo para obedecer suas instruções.

O segundo fato essencial é reconhecer o que é liderança na Igreja Local.

ONDE VAMOS ACHAR A VONTADE DE CRISTO NA LIDERANÇA DA IGREJA.

Existe somente um legislador na Igreja, isto é Jesus Cristo. O que Ele tem nos dado instruções clara a respeito do que crer e a maneira que devemos viver e o que devemos fazer. Ele nos deu estas instruções na sua palavra, especialmente no Novo Testamento. Cristo nos ensina através de sua palavra. O Novo Testamento é autoritativo na Igreja porque revela a vontade de Cristo que é o cabeça da Igreja. A Igreja em Roma não deu esta autoridade ao Novo Testamento! A autoridade do Novo Testamento é Cristo Jesus, filho de Deus e Deus filho. II Tm 3.16-17 Nos diz que a palavra de Deus nos fornece e completamente nos equipa para fazer toda boa obra: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.”

Já que o Novo Testamento é a vontade de Cristo escrito, acaba sendo a autoridade supremo na Igreja. Ao olhar para o Novo Testamento, nossa intenção deve ser como à de Samuel, que disse, “Fala, porque o teu servo ouve.” Quando o Novo Testamento fala, todos se emudecem! O Novo Testamento é revelação suprema da sua vontade á Igreja. O Novo Testamento não é um dos recursos pra alcançar autoridade, é a autoridade divina! O Novo Testamento não é um livro guia suplementar, é o único guia para a Igreja. Se alguma prática da Igreja não pode ser provado como mandamento de Cristo ou os Apóstolos do Novo Testamento, teremos que considerar-lo somente uma opinião ou invenção humana. O Senhor Jesus Cristo através das escrituras revela tudo que precisamos conhecer a respeito de liderança na Igreja. Foi nos dado um estandarte fixo pela qual temos como julgar os que nos lideram na Igreja, e este estandarte é o Novo Testamento.

A Igreja de Jesus Cristo terá que se render a autoridade e suficiência da palavra de Deus em toda sua obra e especialmente no que se trata a sua liderança. Quando uma Igreja cessa de seguir o que Cristo tem revelado no Novo Testamento esta Igreja cessa de ser uma Igreja verdadeira! A Igreja que segue tradições e regras instituídos por homens em vez das escrituras, tanto os lideres como os liderados são cegos e é por isto que Jesus disse o que disse em Mt 15.14: “… são condutores cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova.” A vontade de Cristo para lideres da Igreja será encontrado no Novo Testamento.

O terceiro fato essencial no que si diz de liderança de uma Igreja Batista é...

QUEM É O LÍDER DA IGREJA DO NOVO TESTAMENTO.

No processo de identificar quem é o líder da Igreja, precisamos responder quatro perguntas importantes.

1. O que é liderança? Liderança é algo executado por um líder. Um líder, é alguem que está na frente para mostrar o caminho. Um líder é quem persuade, influencia, e direciona outros fazer o que ele faz por seguir seu exemplo. Ele guia ou anda na frente para que os quem vem atrás sabem o caminho. Um líder é alguém que conhece o caminho, quem pode estar na frente e que conduz outros por onde ele mesmo anda. Deus criou os homens para serem liderados e para liderar também. A palavra liderança nem se encontra em alguns dicionários antigos, como no meu dicionário de 1959 da Websters. O dicionário Random House que pesquisei defina liderança como uma posição ou função de um líder. Tendo habilidade para liderar. Alguem disse que liderança é a capacidade para reunir pessoas debaixo de um propósito comum, possuindo um caráter que inspira confiança.

2. O que é liderança espiritual? Liderança na Igreja é muito mais que apenas uma liderança natural como já mencionamos. A natureza supernatural da Igreja demanda uma liderança que sobre maneira excede uma liderança simplismente humana. Liderança na Igreja do Novo Testamento é uma liderança Espiritual! Um líder espiritual consegue liderar pessoas espiritualmente porque o Espírito Santo opera nele e através dele de uma maneira maior que naqueles a quem lidera. Resultados espirituais são conseguidos somente por homens espirituais usando métodos espirituais. Os líderes espirituais da Igreja exercem influencia que atinge muito mais longe que lideres normais e naturais. Esta influencia tem a eternidade como alvo! Um líder precisa conhecer seu alvo e como os pastores da antiguidade, caminhar na frente do rebanho. O líder espiritual é obrigado permanecer na frente enquanto direciona e guia os que estão atrás. Este é o método do Supremo Pastor que reconhecemos em Jo 10.4: “E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz.” Liderança comum e natural e liderança espiritual possuem algumas características em comum mas em outras características são até mesmo oposto. Por exemplo, um líder natural possui confiança própria enquanto o líder espiritual coloca confiança somente em Deus.

Um líder natural faz suas próprias decisões enquanto o líder espiritual procura a vontade de Deus. Um líder natural é ambicioso enquanto o líder espiritual se faz um servo. Um líder natural é independente, o líder espiritual depende de Deus. Não importa quanta habilidade ou charme um homem possui, não são estas coisas que lhe dará direito de liderar a Igreja.

3. Quem é o líder na Igreja do Novo Testamento? O Senhor Jesus ordenou dois ofícios na sua Igreja, Pastor-ancião-bispo, e diáconos. Paulo autentica ambos os ofícios em Fl 1.1, vamos ler: “Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus que estão em Filipos, com os bispos e diáconos:” Estes são os dois ofícios na Igreja, mas só existe um líder, o pastor! Os diáconos são serventes da Igreja, não são líderes e At 6.1-6 dá informação a respeito de suas responsabilidades. A própria palavra diácono significa servo. O Senhor Jesus deu o cuidado de sua Igreja aos pastores, e cada pastor tem seu próprio rebanho. At 20.28 instrui pastores em como liderar seu rebanho, vamos ler: “Olhai, pois, por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.”

Um pastor pastoreia sua Igreja. Possuem três obras principais. Eles olham pelo rebanho, apascentam, e protegem. O plano de Deus para sua Igreja é que fossem liderados por um pastor-ancião-bispo e não por uma comissão ou grupo de diáconos! O Senhor nunca escolheu ou chamou uma comissão ou concílio para liderar sua Igreja! O Apóstolo Paulo ordenou anciãos, pastores e bispos em todas as Igrejas! O plano de Cristo para sua Igreja é que seja liderado por um pastor, não existe outro plano no Novo Testamento! Se existe um líder então por necessidade haverá seguidores! Ovelhas no Oriente Médio seguem seu pastor, ele não os enxota como gado.

Ao contrário, quando o pastor levanta, as ovelhas levantam e começam o seguir. Vamos olhar par Jo 10.4: “E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz.” Para que uma ovelha segue seu pastor, é necessário quem tenham a fé do pastor, a fé que prega e a fé pela qual vive e morre. Vemos o que diz Hb 13.7 “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver.” Seguir o pastor também significa participar dos seus sofrimentos, problemas e dificuldades que fazem parte da profissão que temos em Cristo. Seguir o pastor significa seguir suas instruções tirados da palavra de Deus. Seguir o pastor é descobrir seus princípios e aceitar seus planos. Muitos do crentes modernos são mais como o gado que não sabem seguir e sim precisam ser enxotados. Na Igreja um lidera e os outros precisam o seguir.

Quando Cristo levanta um líder, ele tem pessoas prontos para serem guiados. Quando o Senhor manda um pastor ele sempre possui um rebanho a ser instruído. Os membros da Igreja precisam se submeter a liderança do seu pastor. Paulo muitas vezes chamou aos convertidos e pediu que o seguisse junto como seus companheiros. Como exemplo, vamos dar uma olhado em 1Co 11.1: “Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo.” Em Fl 3.17 Paulo pediu que os membros da igreja em Filipos o seguissem. Abrem e vamos ler: “Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam.”

Como em qualquer entidade a ordem é conseguido na Igreja seguindo o pastor e voluntariamente se submetendo a estes líderes. Ver em Hb 13.17: “Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” Uma palavra de cautela! As ovelhas devem seguir seu pastor, os membros da igreja devem seguir seu pastor enquanto ele segue Cristo.

No nosso texto e 1Co 11.1, Paulo mostrou até onde os convertidos podiam seguir sua liderança; “Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo.” Paulo nunca desejou que alguem o seguisse Cristo alem do que ele mesmo seguia. Paulo sabia que seguia e para onde ia e assim pude incentivar outros á segui-lo. Um pastor deve si perguntar isto: Estou liderando as ovelhas para seguir Cristo? A mensagem que todo pastor deve passar é este, me segue do mesmo modo que estou seguindo Cristo, porque ninguém deve seguir um pastor que não está seguindo Cristo! Não devemos ser um discípulo do pastor, mas de Cristo!

O pastor lidera sua Igreja de duas maneiras; Primeiro, exortando as ovelhas de Cristo através das escrituras. Segundo, pelo exemplo que ele da pela sua vida pessoal perante as ovelhas. Pastores lideram com suas vidas e com seus lábios. Paulo não podia só dizer faz o que eu mando, mas faz o que eu faço. Vê 1 Co 4.16: “Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores.¨! Em II Ts 3.9 Paulo fala aos membros da igreja em Tessalônica que ele junto como os outros pastores se fizeram de exemplos para que outros o seguissem. Abrem para o verso:“não porque não tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes.” A pregação e o seu proceder devem ser iguais. Pastores não devem só apontar o caminho para o céu e sim guiá-los nesta direção. Um homem que não abraça a palavra de Deus e não tem compromisso em à viver não está preparado para pregá-la!

A quarta pergunta que temos que responder á respeito de quem um líderes da Igreja pode ser é:

4. Como se tornar o líder da Igreja?

A resposta é, Cristo coloca seus pastores no seus lugares de liderança na Igreja. Só Cristo pode fazer um homem líder nas sua igreja. Salmo 75.6-7 nos diz que é Deus quem exalta: “Porque nem do Oriente, nem do Ocidente, nem do deserto vem a exaltação. Mas Deus é o juiz; a um abate e a outro exalta..”

Romanos 10.14-15 no relata que Deus chama seus pastores. “Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?15 E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas!” O Senhor Jesus Cristo escolhe o homem, coloca na liderança sobre sua Igreja, equipa ele para o trabalho e ordena seu povo á segui-lo. Quando um líder falece, o Senhor chama outro para tomar seu lugar. Se Cristo dá um destes homens escolhidos para a Igreja, é a responsabilidade do povo segui-lo!

CONCLUSÃO

Concluindo, a autoridade da liderança na Igreja de Cristo provem de Jesus Cristo. A vontade de Cristo para esta liderança é achado somente no Novo Testamento! A maior necessidade das Igrejas de hoje é que a liderança seja espiritual e que olhem para Cristo por sua autoridade.

 

Autor: Pr Laurence A. Justice
Tradução: João Hawkins, Filho 12/2010
Fonte: www.palavraprudente.com.br