A TURMA DOS KAKANGELICOS

Por Marcelo de Oliveira Lima

KAKANGELICOS é vocábulo introduzido em nosso meio pelo Pr. Gerson Rocha, e significa (KAKÓS, ruim, mau, maligno). Assim como EVANGELHO significa boas, excelentes notícias, KAKANGELHO, significa más, ruins, péssimas noticias, e é o causador, promotor e tradutor de más noticias. Os KAKANGÉLICOS são a TURMA que mais cresce no atual contexto religioso.

Sua bandeira ecumênica e sincretista alarga as fronteiras espirituais abraçando toda espécie de aberrações teológicas na tentativa maligna de unir o bem com o mal, as trévas com a luz, o certo com o errado, o santo com o profano, Deus e o diabo na terra do anticristo. Daí tantas tristezas e angústias para os verdadeiros santos de Deus em face de ardilosos e inescrupulosos ideais onde desaparece a qualidade e prevalece a quantidade, desaparece a santidade e impera o mundanismo e a secularidade.

Para os KAKANGÉLICOS não existem as fronteiras religiosas mas multiplicam-se os caminhos na direção de Deus onde todos são unidos num só REBANHO, as duras custas da fé verdadeira e na base de uma SÓ fé KAKANGELICA.

E assim se exibem nas ECUMÊNICAS marchas para “jesus” formadas de uma grande colcha de retalhos. Em minha cidade tal marcha termina com grande show de rock, onde é pregado o tal evangelho e o “convertido” não sabe se deve ser batizado por aspersão como um bom presbiteriano ou católico etc., ou por imersão; se deve ser batizado com o espirito Santo e falar em linguas posteriormente ou se já é batizado com o Espirito Santo no ato da conversão; se deverá ser quebrada alguma maldição hereditária posteriormente ou se Jesus levou tudo na cruz do Calvário; se deve seguir as “revelações diarias recebida pelo possuidores de tal “Dom” ou se deve se contentar com a Bíblia etc.

O movimento kakangelico é tão ecumênico que até o papa usufruiu das benesses desta maldita união, tendo amenizada a conta de sua última visita ao Brasil na casa dos SETE MILHÕES DE REAIS por contas duma igreja Kakangelica. É o que noticia o Correio da Bahia de 01/07/97 nos seguintes termos: os evangélicos (kakangelicos) também estão financiando a viagem do papa João Paulo II ao Rio... Foi o que também emocionado, notificou o arcebispo D. Eugênio Sales à comissão responsável pelas despesas da visita papal.

Bem após alguns chutes emocionais na inerte padroeira do Brasil, alguem teria que fazer alguma coisa a fim de reconquistar a simpatia do chefão.

Segundo o referido jornal, o gesto surtiu efeito, pois o tal arcebispo ficou profundamente emocionado com o gesto KAKANGELICO. E assim a fé ecumênicarismática que opera a todo vapor na base de sinais e prodígios próprios da falsidade profetica, envergonhando e maculando o verdadeiro evangelho de JESUS CRISTO.

Um exemplo disto aconteceu em Guaíba no Rio Grande do Sul, onde dois pastores KAKANGELICOS da igreja pentecostal Fortaleza de Deus quase foram linchados por falsas promessas de ressureição acerca de um jovem já morto, e cheirando mal, esperando o tal prodigio, segundo o jornal A TARDE / Salvador /BA de 19/09/97, mas ficou para trás a revoltante, vergonhosa e triste lembrança da picaretagem desavergonhada que praticaram em nome de Deus. Marca registrada da fé KAKANGELICA.

OS BASTIDORES DA PREGAÇÃO DOS LÍDERES E DAS IGREJAS KAKANGELICOS:

Baseada em FÉ-FÁCIL numa suposta SALVAÇÃO FÁCIL, que produz uma VIDA CRISTÃ FÁCIL, sem crises ou conflitos com o mundo; através de um ENGANOSO LINGUAJAR ora mundanizado, ora espiritualizado - Fala de qualidade de vida, espiritualidade, missões, evangelismo, discipulado, orações, ministérios, etc... - mas estas palavras ganham novos significados, que são estranhos a Bíblia.

POR TRAZ DA APARÊNCIA DE ESPIRITUALIDADE KAKANGELICA, o que interessa realmente para eles é:

o crescimento numérico (Por isto, se exibem nas "marchas para Jesus" como já dissemos) conseguir influência social e poder político e financeiro, A BÍBLIA É USADA COMO PRETEXTO PELOS KAKANGELICOS - Porque, quando se usa Metodologia Pragmática (os fins justificam os meios) usam qualquer técnica que dão resultados garantidos e imediatos (especialmente as baseadas nas ciências humanistas como psicologia de marketing, sociologia, e neste contexto, a Bíblia entra apenas para sacramentar métodos mundanos, que violam os princípios bíblicos absolutos de SANTIFICAÇÃO DO CRENTE, SEPARAÇÃO, NÃO CONFORMISMO E DIFERENCIAÇÃO DO MUNDO.

DESCRIÇÃO DO EVANGELHO KAKANGELICO, (diferente do de Cristo):

Um evangelho agradável, divertido, culturalmente relevante ou contextualizado a moda do dia:

 Este evangelho que vem travestido com as roupagens mundanas dos - Shows de Rock metálico, rap, break, Jazz, teatros, coreografias dançantes, e humorismo prega uma mensagem simples e alegre. e que não ofenda o ouvinte, procura impressionar com testemunhos de sinais, milagres, curas, profecias, sonhos, visões e prosperidade. - Usando para isto, pessoas mundanas e famosas que pretensamente dizem ter se convertido, porém, a vida prova o contrário.

Reduz a FÉ a uma mera aceitação casual dos fatos históricos sobre a Pessoa de Cristo; "Você acredita na história de Cristo e que Ele morreu por você ?" - "Isto é bastante - Você é um Salvo."

Procura seduzir o ouvinte, mostrando as vantagens materiais, as soluções a curto prazo dos problemas imediatos, e principalmente, que o cristianismo pode ser conciliado a vida que ele tinha antes de decidir ser "evangélico", o tipo de pregação moderna é HUMANISTA, LIBERAL, PRAGMÁTICA E HEDONISTA.

Humanista - Começa a partir dos interesses e necessidades visíveis do homem; Liberal - Segue o movimento teológico que rejeitou a Bíblia como suficiente e relevante para o homem moderno; Pragmática - Onde "os fins justificam os meios" - O critério são resultados visíveis. Isto contradiz:

Romanos 3:8 "E por que não dizemos, como alguns, caluniosamente, afirmam que o fazemos: Pratiquemos males para que venham bens? A condenação destes é justa.”

Hedonista - Porque visa dar ao ouvinte aquilo que lhe agrada e dar prazer.

“Pois muitos andam entre nós (eram tidos como "cristãos"), dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas (embora tivessem aparência religiosa de piedade)." (Fp 3:18, 19) - Como diz Paulo: "tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder”.

Procura levar os seus membros a participarem dos cultos de forma anônima - sem compromisso; a mensagem deve ser simples e não confrontadora, mas confortadora que o ambiente lhe deixe sem qualquer receio.

Que a pregação trate de assuntos contemporâneos e relevantes; Que não lhes impões restrições a vida que tinham antes; Que possam conciliar sua vida no clube social com sua vida na igreja querem ter uma consciência tranqüila para satisfazer seus "clientes" as igrejas kakangelicas se voltaram para MÉTODOS MUNDANOS, e para TÉCNICAS E ESTRATÉGIAS:

De "Comercialização" (Marketing - Tudo para agradar ao cliente;
De "Entretenimento" - (Em vez do culto tradicional, um grande show);
De "Liberalismo Ético" - (flexibilização e relativismo, nada de radicalismo, nada de exigências que exijam renuncia ou arrependimento sério);
De "Misticismo" - (técnicas psicológicas e "espirituais" de conduzir ao êxtase).

E assim vão por toda parte se alastram os cultos esdrúxulos na base do oba-oba onde fazem da casa de Deus uma istenção dos shows de rock, de terreiro de macumba, de nite clubs, de passarelas senssuais etc. tudo a base de inusitadas aberrações teologicas. È o caso da teologia do SOPRO quando o chefão dá o sopro e as vitimas caem estateladas em estado de convunção. Do riso santo quando todos tomados pelo “espirito” riem descontroladamente. A do vomito santo, do passar do palitó etc. É assim que prosegue as multidão KAKANGELICAS enganadas, extorquidas e exploradas em nome de Deus por gananciosos e inescrupulosos líderes, pulando gingando, caindo, gritando, urrando, ao som do maligno samba, rock, rap, completamente alienados de toda verdade bíblica.

Se você é um verdadeiro servo de Deus escute suas Palavras:

II Cor.6:17, Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;”

Ap.18:4 E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.”

Que Deus o abençoe.


Marcelo de Oliveira Lima mardanvan@ig.com.br